Sobre nós

Os primeiros anos de vida de uma criança são marcados por um desenvolvimento muito rápido. Dos 4 aos 5 meses já é capaz de sustentar a cabeça e com 6 geralmente já é capaz de sentar sem apoio. Um dos sinais que ela está pronta para iniciar de forma lenta e gradual a introdução de alimentos. Que é uma grande preocupação dos pais. Ela pode e deve continuar sendo amamentada até dois anos ou mais.

O que é fortemente recomendado pela Sociedade Brasileira de Pediatria é que o aleitamento materno seja exclusivo até os 6 meses de vida e a alimentação complementar deva ser iniciada a partir dessa idade.

Notamos que a grande dúvida das mamães na hora de iniciar a alimentaçao complementar está em colocar todas os ingredientes na panela. Devo bater, devo amassar, devo dar carne? Daí nasceu a ídeia da Maria Papinha.

A idealizadora, Simone Nicolosi, formada em gastronomia pela UNI FMU saiu em busca de idéias sobre alimentação infantil e encontrou a Nutricionista Karla Borges. Juntas, elaboraram um cardápio de papinhas e uniram a gastronomia, que valoriza o paladar com a nutrição que visa sempre o bem estar e a saúde do nosso corpo.

Hoje, a Maria Papinha tem muitas mamães satisfeitas com o jeitinho caseiro de fazer as papinhas. Tudo aqui é escolhido, higienizado, manipulado e congelado com muito carinho. Nada é industrializado. Até os caldinhos de frango e carne que são usados nas papinhas são feitos por nós, nada de cubinhos prontos!

Nosso objetivo é ajudar as mamães que não tem tempo para preparar os alimentos de seus filhos e também aquelas que tem duvidas de como fazer.

Muitos adultos também tem usado a papinha congelada como opção prática para jantar naquela noite fria, ou naquela semana do regime. Atendemos também vovós e vovôs que tem o organismo delicado como o de um bebê. 

Esperamos poder ajudar!

Simone Nicolosi